segunda-feira, 30 de agosto de 2010



Tentar desfazer o emaranhado de emoções e sentimentos conflitantes é uma tarefa árdua. Equilibrar as ambições da mente e os anseios do coração é tarefa estafante. Ouvir os desejos da carne e as aspirações da alma e ter que optar, é sufocante. Porém, a visão se tornará límpida quando este duelo terminar e o equilíbrio das escolhas tornar-se possível, através do olhar... através do tocar... através de nossas mão... para isso faz-se necessário despir o véu do conformismo e reaver o domínio da consciência , ai sim, ver-se livre de todos estes males que aflige nossas almas.

domingo, 29 de agosto de 2010

Voa sem sair do chão.


Para muitos liberdade é algo muito importante, algo de certa forma até vital. Mas é verdade, estão certos em pensar assim.

O ser humano é como um pássaro, ele precisa de voar e saber que pode fazer aquilo que quer. Ele quer poder voar sem ninguém nem nada que o empeça! Assim como os pássaros, também nos sentimos sufocados quando somos privados de ter essa liberdade.

Mas muitos têm a ideia errada da liberdade. Pensam e afirmam que poder sair de casa e fazer o que quiser e entender, já se tornam adeptos da liberdade. Mas está erraaaado. Porquê? Bem, a liberdade também implica responsabilidades. Ou seja, ser livre mas sem extrapolar e acabar com a liberdade do outro.

Tudo que eu sempre quis foi ser livre pra viver
Livre pra pensar, livre pra dizer
Você me diz que tenho liberdade
Mas pra mim de nada vale
Se não posso vive-la na realidade

(Liberdade - Los Toskos)


Ps: Nunca ouvi a musica, mas achei bonita a letra.


it never felt so good


Já ouviram a expressão, “no fundo do meu poço existe uma mola”? Pois, ela é perfeita para mim. Nas oscilações do meu ser é bem perceptível que eu preciso ir até o fundo do poço, para voltar melhor, bem melhor! A minha última lição tem a ver com a liberdade da alma, tem a ver com questões do meu eu interior. Mais uma vez a vida mostrou-me e ainda passou na minha cara que o meu egoísmo não me leva a lugar algum. Felizmente criei-me sem medo do sofrimento, sofro esperando por esse momento, a ascensão, que cada vez é mais completa ! (it never felt so good)

terça-feira, 24 de agosto de 2010

exactamente.


Imagem retirada do blog: http://shiuuuu.blogspot.com/

domingo, 22 de agosto de 2010

Os videos da semana voltaram mas com alteraçoes.

sim...eu tenho estado ausente. Mas prometo que agora as coisas vão voltar ao normal e vou postar mais vezes.



E sim...se voçês notaram, já faz algum tempo que não actualizo a rubrica "videos da semana". Não se preocupem...vou continuar a postar videos divertidos, na qual podemos dar algumas gargalhadas. MAS...vão passar a ser apenas "videos" cómicos do youtube. Ou seja...não vou actualizar a rubrica todas as semanas, (neste caso ao sábado), pois como devem calcular, videos que realmente nos façam rir não aparecem todos os dias. Vou actualizar esta rubrica, sim, mas apenas quando encontrar um video engraçado de que valha a pena postar. Espero que compreendam e continuem a acompanhar o meu blog.

Agora fiquem com 2 videos divertidos. Espero que gostem.





hehehe. tenham cuidado com as crianças com boa audição xD

-----------------------------------------------------------------------



Peço desculpa pelo o segundo video nao tertradução. Mas dá pra perceber os efeitos da anestesia depois do dentista, sobre a pobre criança. hehe

domingo, 1 de agosto de 2010

L.


Eu adoro quando falas comigo de um jeitinho todo especial, quando me “ouves”, quando me aconselhas, quando me dizes coisas lindas que eu sei que jamais deveria acreditar…… são só palavras...


Mas sabes...fazem com que eu me sinta bem! Parece um colo certo sem ao menos chegar perto, parece um abraço forte com um doce beijo, mesmo a km de distância. Faz-me bem, ah como fazes!!

Nunca consegui falar de mim mesma...


Nunca consegui falar de mim mesma, talvez seja algo impossível conseguir definir, dizer quem és...

Não sou explícita, falo da minha vida para poucos, e orgulho-me de ser assim, porque não é todos que são confiáveis o bastante para ouvi-lo, mas existem aquelas pessoas que sabem entender o que sentes, e sabem guardar aqueles sentimentos que contas-te como até uma aprendizagem ás vezes.
Bom, estou a postar neste momento com a intenção de tentar pelo menos me expressar ao dizer quem sou, pelo menos uma base.

(atençao! grande texto!)

Ok, de primeira vista, pareço ser bem normal, ou pelo menos acho eu, mas acho que dentro de mim, o comum, o banal não existe, tenho um jeito muito contraditório, odeio mais do que amo, e não preciso de um grupo de pessoas para me sentir bem, sendo que com uma única pessoa que vale muito mais que 10 eu já me sinto muito bem. Sou muito independente, e detesto sentir-me presa a algo, que me controlem. Tento ao máximo ser senhora das minhas vontades, faço exactamente o que me der na telha, ás vezes dá certo, outras vezes não.
Adoro a adrenalina e tudo o que fizer o coração bater mais rápido e o aperto no estômago. Sou muito pacifica mas irrito-me facilmente, Adoro a estabilidade, mas sou super inconstante, Viajo com frequência, para lugares interiores (sou sonhadora demais, crio o meu próprio mundo interiormente, nem todos conseguem compreende-lo) Deixo as pessoas se aproximarem, mas poucas conseguem isso de verdade, gosto de tudo ao extremo, entrego-me extremamente a minha filosofia, ou gosto ou não gosto e ponto final!

Tenho aversão à gente falsa e superficial , dissimulados todos somos, mas com moderação.

Não vou com a cara da burocracia, sou simples, crio o que eu quero, no momento que eu acho necessário, odeio seguir pré-determinações, ou seguir ordens, interesso-me por experimentar novos caminhos.
A boa disposição atrai-me como íman…e tudo o que me deixar com um sorriso nos lábios. Sou uma pessoa muito directa e sincera. Se me perguntares o que penso de algo, vou fazer isso mesmo.

Sou muito teimosa, e raramente desisto de algo. Sou impulsiva nas palavras, mas penso demais nos meus actos. Sou exigente, e nem sempre é fácil agradar-me.
Tenho muitos planos e sonhos a concretizar...
sou muito objectiva, sei muito bem quem sou e
onde gostava de chegar ! Hoje sei que tudo é incerto e nada do que possas fazer ou ter é tão definitivo como pensas ou queres.

Tenho uma facilidade enorme de aceitar o novo, talvez por odiar a rotina, e a monotonia. Gosto de tudo o que é diferente. O banal nunca me atraiu.
Não me apaixono com facilidade mas quando me apaixono é aserio.

sou nervosa, choro mais de raiva do que tristeza, sou tímida, aparentemente tenho cara e jeito de boba, mas com o tempo verás que não sou assim, sou até esperta na maiorias das vezes, não faço questão de ser conhecida e nem de ser julgada por alguma coisa boa, não faço questão de ter tudo o que todo mundo tem e nem de ser bonita, porque beleza um dia acaba, sou muito chata, já tive muita vontade de matar qualquer um que cruzasse meu caminho, já tive amores platônicos, odeio ouvir a realidade do mundo, mas é assim que a gente o enfrenta, já chorei, já sorri, já sofri, já tentei o suicídio, e hoje estou viva para o contar, Odeio ter o pressentimento de que fiz uma coisa errada, odeio sentir saudades daqueles momentos intensos e preciosos, Gosto de olhar… divagar e sonhar... perder a noção do tempo e ausentar- me do concreto! Não gosto de mim perdida. Gosto do conforto! Gosto da agitação e do silencio absoluto. Gosto de sorrisos, gestos e palavras sinceras! Não gosto quando se vive agarrado a passados… mas gosto de voar pelas memórias! Não gosto de nervosismos, mas gosto de sentir o arrepio na espinha!. Gosto da elegância dos pequenos gestos. Gosto de me calar. Não gosto de conversas de circunstância. Gosto de fazer pensar!

E por fim… acredito na possibilidade, de mudar o mundo, de mudar a própria vida, acreditar em si mesmo, e sendo assim, um dia poderemos até voar.