quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

É...


Sabe por que não entrego o meu coração a mais ninguém? Por que me entristece recebê-lo de volta em pedaços, leva tempo pra concertar e não é fácil apagar as marcas. Desculpas não fazem parar de doer e também não me fazem esquecer.

Sem comentários: