terça-feira, 12 de abril de 2011


Eu sei que a minha sinceridade magoa, que as minhas palavras destroem, que a minha timidez engana; o meu sorriso disfarça, minha angústia atrapalha e que dou valor a quem não merece. Mas enfim...sou apenas eu. E não consigo ser nada mais que isso.

Sem comentários: