sexta-feira, 23 de setembro de 2011

"Não duvides dos meus sentimentos só porque teve um idiota antes de mim."


Surpreendidos? Eu também...

Eu prometi que nunca mais me ia apaixonar. Nunca mais iria acreditar na palavra de um homem. E então ele chega e fode com meus planos.

De alguma forma eu sabia que havia algo. Tentei sempre ocultar isso a mim própia.
Não sei, mas acho que olha-mos e pensa-mos: “Quero pra mim”. Mas dá aquele frio na barriga, um tremor, um medo de depender de alguém, de sofrer outra vez, de escolher errado, de lutar por algo que não vale a pena. Porque o coração nem sempre é criança.
Foi por isso que corri, tentei fugir, mas quando tem que ser, não adianta, será...

Se eu tenho medo? Tenho...muito! Mas como tudo na vida...temos que superar.
Eu sou ótima para acreditar em mentiras, e duvidar de verdades. Então Foda-se!
E se me perguntarem como estou, a minha resposta será esta: Estou indo! Sem muita bagagem. Pesos desnecessários causam sempre dores desnecessárias.



Que seja doce, que seja feliz, que seja essencialmente VERDADEIRO.


"Não duvides dos meus sentimentos só porque teve um idiota antes de mim."

1 comentário:

Lu! disse...

Vai em frente querida, sem medos!
Adorei o texto.
Beijinhos