domingo, 6 de maio de 2012

Mãe...

Como posso imaginar a minha vida sem ti? A tua ausência é o meu mais profundo pesadelo, a dor mais cruel. Não consigo imaginar os meus dias sem saber como estás, como anda a tua saúde. Quero saber da tua rotina, porque preocupo-me em cuidar de ti, de saber se estás bem, se estás segura. Eu tento fazer de tudo pra te proteger de todo mal, e as vezes ainda me sinto insuficiente, por não poder fazer isso de perto. Na verdade, só te estou a escrever pra dizer que te amo, e agradecer-te pela vida que me destes. Alias, a tua vida já preencheu a minha, e não consigo mais imagina-la sem ti. Mãe! Eu amo-te!

Sem comentários: