terça-feira, 14 de agosto de 2012


Sempre amei o Saber. Quando era menina, gostava de estar sozinha para pensar. Quando me perguntavam em que pensava, não sabia como responder. Como explicar às pessoas crescidas que olhava o céu e queria saber o que estava para lá dele? Ou que olhava uma árvore e me perguntava como teria ela surgido? As explicações que me davam de que tudo era vontade de Deus não eram suficientes.

Sem comentários: